Publicações

I. Artigos em Periódicos (peer-reviewed)

  1. CARVALHO, B. S.; VALENÇA, Marcelo M. “Addressing IR Maritime aphasia through oceanic machines.” Contexto Internacional, 2024. (Aceito para publicação)
  2. DUARTE, Daniel. E.; VALENÇA, Marcelo M. “O ‘retorno do realismo’? Identidade, nacionalismo e controvérsias historiográficas nas relações entre Ucrânia e Rússia”. Revista da Escola de Guerra Naval, 2024. (Aceito para publicação)
  3. VALENÇA, Marcelo M. “When the fit is just not right”. International Studies Perspectives, 2024. (Aceito para publicação)
  4. VALENÇA, Marcelo M. AFFONSO, Luiza Bizzo. “A ZOPACAS e sua relação com a política externa brasileira: promessas, turbulências e oportunidades no novo Governo Lula da Silva”. Cadernos Adenauer, v. XXIX, p. 97-113, 2023.
  5. AFFONSO, Luiza Bizzo. VALENÇA, Marcelo M. “A Cooperação Internacional e a Insegurança no Golfo da Guiné: rumo a uma governança oceânica?”. Revista Marítima Brasileira, n.143, p.139-154, 2023.
  6. VALENÇA, Marcelo M.; DUARTE, Daniel Edler. “A Constructivist Approach to Maritime Spaces”E-International Relations, 11 de setembro de 2021. Disponível em <https://www.e-ir.info/2021/09/11/a-constructivist-approach-to-maritime-spaces/>
  7. MIRANDA, Walter Maurício; VIOLANTE, Alexandre R; MELLO VALENÇA, Marcelo . “A Articulação entre Diplomacia e Poder Militar nas Grandes Estratégias de Rio Branco e Amorim“. Coleção Meira Mattos, v. 15, n. 53, 2021, p. 185-205. https://doi.org/10.52781/cmm.a048
  8. DUARTE, Daniel Edler; VALENÇA, Marcelo M. “Securitising COVID-19? The Politics of Global Health and the Limits of the Copenhagen SchoolContexto Internacional, v. 43, n. 2, 2021, p. 235-257. http://doi.org/10.1590/S0102-8529.2019430200001
  9. SEIXAS, Bruno Carvalho; VALENÇA, Marcelo M. “A pele do Leviatã e a geopolítica do vírus: a noosfera como território político dos afetos”. Sul Global, v. 2, n. 1, 2021, p. 111-139.
  10. VALENÇA, Marcelo M. “O Uso de Simulações e Cultura Popular para o Ensino de Relações Internacionais” . Estudos Internacionais, v. 8, n. 1, 2020, p. 27-43. http://doi.org/10.5752/P.2317-773X.2020v8.n1.p27
  11. VALENÇA, Marcelo M.TOSTES, Ana Paula. “O Storytelling como Ferramenta de Aprendizado Ativo. Carta Internacional, v. 14, n. 2, 2019, p. 221-243. https://doi.org/10.21530/ci.v14n2.2019.917
  12. VALENÇA, Marcelo MelloAFFONSO, Luiza Bizzo. “O Papel da Cooperação Humanitária na Política Externa Brasileira como Estratégia de Soft Power (2003-2016). Austral: Brazilian Journal of Strategy & International Relations, v. 8, n.15, 2019, p. 195-212. https://doi.org/10.22456/2238-6912.86303
  13. VALENÇA, Marcelo M.AFFONSO, Luiza Bizzo. “A Política das Intervenções Humanitárias. Revista da Escola de Guerra Naval, v. 24, 2018, p. 428-455.
  14. VALENÇA, Marcelo MelloORMOND, Yesa Portela. “The United States And its Allies are on the Right Side of History?: a Guerra Global ao Terror e suas Representações. Mural Internacional, v. 7, 2018, p. 234-247.
  15. VALENÇA, Marcelo M.INOUE, Cristina Yumie Aoki. “Contribuições do Aprendizado Ativo ao Estudo das Relações Internacionais nas universidades brasileiras. Meridiano 47, v. 18, 2017. https://doi.org/10.20889/M47e18008
  16. TOSTES, Ana Paula; VALENÇA, Marcelo Mello. “Reflexões Teóricas sobre Justiça Internacional: Revisitando Hedley Bull”. Revista Eletrônica do Curso de Direito da UFSM, n. 12, v. 1, 2017, p. 237-254. http://doi.org/10.5902/1981369424679
  17. VALENÇA, Marcelo M. “Política Externa Brasileira e Multilateralismo: o que esperar do novo governo?” Cadernos Adenauer, Ano XVII, n. 4, 2016, p. 49-59. 
  18. VALENÇA, Marcelo M. “Relevância política ou avanços epistemológicos? Um sinal de otimismo para o campo da Segurança“. Mundorama, n. 102, 2016. 
  19. VALENÇA, Marcelo M.; TOSTES, Ana Paula. “A Inserção Internacional Brasileira por meio da consolidação das normas de prevenção de conflitos e proteção aos civis em conflitos armados: possibilidades a partir da Responsabilidade ao Proteger“. Revista da Escola de Guerra Naval, n. 21, v. 1, 2015, p. 63-82.
  20. VALENÇA, Marcelo M.; CARVALHO, Gustavo. “Soft power, hard aspirations: Brazilian foreign policy strategies and the dilemmas of power projection”. Brazilian Political Science Review, v. 8, 2014, p. 66-94. http://doi.org/10.1590/1981-38212014000100021
  21. VALENÇA, Marcelo M. “O Discurso Político do Mercosul: o binômio segurança- insegurança nas relações Brasil-Argentina”. Revista Sul-Americana de Ciência Política, v. 1, 2013, p. 77-90.
  22. VALENÇA, Marcelo Mello. “A Securitização do Mercosul: notas teóricas sobre segurança e a atuação de grupos domésticos na estabilização da política“. Mural International, Ano III, n. 1, 2012, p. 37-44.
  23. VALENÇA, Marcelo M. “A Política de Identidade nas Novas Guerras e a Problematização da Diferença: uma análise cultural”Revista da Escola de Guerra Naval, v. 17, 2011, p. 65-85.
  24. VALENÇA, Marcelo M. “Statebuilding through Liberal Means: thinking about challenges, contradictions, and the impacts of local and international players in postwar peace operations”. International Studies Review, v. 13, n. 3, 2011, p. 637-646.
  25. VALENÇA, Marcelo M. SARAIVA, Miriam Gomes. “Brazil: potencia regional con intereses globales“. Dialogo Politico, 4, dezembro de 2011, p. 99-119.
  26. VALENÇA, Marcelo M. “Combinando Teoria e Prática na Criação de um Programa: experiências em um curso de Guerra e Paz”. Política Hoje v. 20, n. 1, 2011, p. 7- 35.
  27. VALENÇA, Marcelo Mello. “Política, Emancipação e Humanitarismo: uma leitura crítica da Escola Inglesa sobre a questão da intervenção humanitária“. Contexto Internacional, v. 31, n. 2, 2009, p. 319-349.
  28. VALENÇA, Marcelo M. “O Tratamento de Fatores Econômicos pelas Teorias de Segurança Internacional“. Relações Internacionais no Mundo Atual v. 10, 2009, p. 63-90.
  29. VALENÇA, Marcelo Mello “Os Desafios Impostos pelas Novas Guerras às Missões de Paz”Revista da Escola de Guerra Naval, v. 13, 2009, p. 94-117.

II. Livros (peer-reviewed)

  1. VALENÇA, Marcelo M.; INOUE, Cristina Yumie Aoki (orgs.). Relações Internacionais no Brasil: ensino e aprendizado ativos e outras histórias. Campina Grande: Editora Universidade Estadual da Paraíba, 2018.

III. Capítulos de Livros

  1. VALENÇA, Marcelo M.; AFFONSO, L. B. Abordagens tradicionais para o estudo da Segurança: o Realismo e a crítica ampliacionista do Liberalismo. In: José Luiz Niemeyer dos Santos Filho et al. (Orgs). Curso de Segurança Internacional: Lições de Teoria Política e Pensamento Estratégico. Rio de Janeiro: Freitas Bas tos, 2023, p. 21-48.
  2. DUARTE, Daniel Edler; VALENÇA, Marcelo. A Case Study: Militarisation and controversies over security framing of the COVID-19 pandemic in Brazil. In: GUILLAUME, Xavier; GRAYSON, Kyle. Security Studies: Critical Perspectives (Online Students Resources). Oxford: Oxford University Press, 2023. Disponível <https://learninglink.oup.com/ollSignin?referrer=/access/content/grayson-guillaume1e-student-resources/grayson-guillaume1e-case-study-13-1>.
  3. VALENÇA, Marcelo M.; DUARTE, Daniel Edler. The Sea as an Institution: A Constructivist Approach to Maritime Spaces. In: Moreira, William de Sousa (ed.) Power and the Maritime Domain: A Global Dialogue. Routledge: London, 2023, p. 28-41. 
  4. AZZI, Veronica F.; VALENÇA, Marcelo M. Transnational threats, structural violence and militarization: promoting civil-military cooperation for peacebuilding. In: Czymmeck, Anja (ed.) Does No War Mean Peace? International Security Strategies in a New Geopolitical World Order. Konrad Adenauer Stiftung: Rio de Janeiro, 2021, p. 78-93.
  5. VALENÇA, Marcelo M.; MENEZES, Soraya Fonteneles. International Relations and the Sea: a perspective from international institutions. In: ALMEIDA, F. E. Alves de; MOREIRA, W. M. Maritime Studies: visions and perspectives. RIo de Janeiro: Centro de Documentação da Marinha, 2021, p. 115-141.
  6. INOUE, Cristina Yumie Aoki; ALAS, Jacqui de Matos; VALENÇA, Marcelo M. Teaching IR in the Global South: Views from Brazil and the Global South.  In: James M. Scott, Ralph G. Carter, Brandy Jolliff Scott e Jeffrey S. Lantis (eds.) Teaching International Relations. Northampton: Edward Algar Publishing, 2021, p. 38-51. http://doi.org/10.4337/9781839107658.00010
  7. VALENÇA, Marcelo M.; SOCHACZEWSKI, Monique. Política Externa Brasileira, Multilateralismo e Saúde: algumas reflexões. In: Jamile Bergamaschine Mata Diz e Jorge Lasmar (eds.). Desenvolvimento Sustentável, Democracia e Política Exterior em Tempos de Crise. Belo Horizonte: Arraes Editores, 2021, p. 185-203. 
  8. SOCHACZEWSKI, Monique; VALENÇA, Marcelo M. Brasil y el Multilateralismo: desde la tradición hasta los cambios radicales. In: Winfried Weck (ed.) Multilateralismo: perspectivas latinoamericanas. Panama City: Konrad Adenauer Stiftung, 2020, p. 39-53.
  9. VALENÇA, Marcelo M. A OTAN Global E Seus Impactos Na Segurança Do Hemisfério Ocidental Sul. In: Reinaldo J Themoteo (ed.). Novos Rumos da Política na União Europeia e os Desdobramentos na América Latina, Série Relações Brasil União Europeia v. 9, Rio de Janeiro: Fundação Konrad Adenauer, 2020, p. 35-53.
  10. VALENÇA, Marcelo M. Disciplinary Dungeon Master. In: Jamie Frueh (ed.). Pedagogical Journeys Through World Politics: Adventures in Teaching. New York: Palgrave Macmillan, 2020, p. 209-218. http://doi.org/10.1007/978-3-030-20305-4_18
  11. VALENÇA, Marcelo M.; MENEZES, Soraya Fontenelles. Relações Internacionais e o Mar: um olhar a partir das instituições internacionais. In: Francisco Eduardo Alves de Almeida e William Moreira de Souza (eds.). Estudos Marítimos: teorias e métodos, São Paulo: Editora USP, 2019, p. 123-150.
  12. VALENÇA, Marcelo M.; BARRETTO, Rafael Zelesco. Secessão Terapêutica como Resposta aos novos Conflitos Armados: notas teóricas e políticas. In: Liliana Jubilut e Rachel de Oliveira Lopes (eds.). Direitos Humanos e Vulnerabilidades e Direito Humanitário. Boa Vista: Editora da Universidade Federal do Roraima, 2019, p. 151-176.
  13. VALENÇA, Marcelo M. Contribuições da prevenção de Conflitos à política externa brasileira: notas e reflexões. In: Sérgio Eduardo Moreira Lima; Augusto W. M. Teixeira Júnior. (Orgs.). V Conferência sobre Relações Exteriores: O Brasil e as tendências do cenário internacional. Brasília: Fundação Alexandre de Gusmão, 2018, p. 149-172.
  14. INOUE, Cristina Yumie Aoki; VALENÇA, Marcelo M. Conclusão? Aprendizado Ativo em R(r)elações I(i)nternacionais e o estado da arte da arte de ensinar: we’ve only just begun In: Marcelo M. Valença e Cristina Inoue (eds.) Relações Internacionais no Brasil: ensino e aprendizado ativos e outras histórias, Campina Grande: Editora da Universidade Estadual da Paraíba, 2018, p. 241-256.
  15. VALENÇA, Marcelo M.; ASSAYAG, Manoela. A Contribuição de Simulações e Modelos para a formação de um pensamento crítico em Relações Internacionais. In: Marcelo M. Valença e Cristina Inoue (eds.) Relações Internacionais no Brasil: ensino e aprendizado ativos e outras histórias, Campina Grande: Editora da Universidade Estadual da Paraíba, 2018, 149-171.
  16. VALENÇA, Marcelo M.; INOUE, Cristina Yumie Aoki. Paradoxo da abundância e a pobreza da atenção: desafios nas salas de aula e o aprendizado ativo em Relações Internacionais. In: Marcelo M. Valença e Cristina Inoue (eds.) Relações Internacionais no Brasil: ensino e aprendizado ativos e outras histórias, Campina Grande: Editora da Universidade Estadual da Paraíba, 2018, p. 13-35.
  17. VALENÇA, Marcelo Mello. The role of International Law in the current upsurge of conflicts. In: Jan Woischnik (ed.). Might and Right in World Politics. Rio de Janeiro: Fundação Konrad Adenauer, 2016, p. 39-51.
  18. VALENÇA, Marcelo M. The Imperatives and Hazards of Humanitarian Intervention. In: Felix Dane (ed.). International Security: a European-South American Dialogue. Rio de Janeiro: Fundação Konrad Adenauer, 2014, p. 341-359.
  19. VALENÇA, Marcelo M.; MALTA, Fernando. Fronteira Amazônica e Integração Sul-Americana.In: Clovis Brigagão (org.) América Latina e os Conflitos Fronteiriços.Rio de Janeiro: GAPCon, 2010.

IV. Resenhas de Livros

  1. VALENÇA, Marcelo M. “Electing to Fight: why emerging democracies go to war”.Contexto Internacional, v. 28, n. 2, p. 567-577, 2006
  2. VALENÇA, Marcelo.Taming the Sovereigns. Contexto Internacional, v. 27. n. 2, p. 465-478, 2005

V. Artigos em enciclopédias, relatórios e working papers (seleção)

  1. SILVA; Marcio Magno de Faria Franco e; VALENÇA, Marcelo M.; RODRIGUES, Claudio Marin (coordenadores). “Oceanopolítica do Golfo da Guiné”. Relatório Conclusivo de Pesquisa. Centro de Estudos Político-Estratégicos da Marinha do Brasil (CEPE-MB). Rio de Janeiro, 117p, 2020.
  2. VALENÇA, Marcelo M.; SARAIVA, Miriam Gomes. “A Política Externa Brasilia e sua Projeção Internacional: um projeto caracterizado pela continuidade“. CEBRI Artigos,  Vol. 1, Ano VII, 32 p., 2012. 
  3. GRATIUS, Susanne. VALENÇA, Marcelo M. “Urban Violence in Caracas and Rio de Janeiro: local and European responses“. Initiative for Peacebuilding, 25 p., Madri, FRIDE, dezembro de 2011. (Versão em português)
  4. VALENÇA, Marcelo M. “Brazil: inevitable choices.” IPRIS Lusophone Countries Bulletin, p. 12-13, Lisboa, Janeiro de 2010.
  5. NEVES, Leonardo Paz; VALENÇA, Marcelo M.; Sauerbronn, Christiane. “Bolívia: o papel da sociedade civil”. GAPCon Working Paper Series, Rio de Janeiro, 2007.
  6. VALENÇA, Marcelo M.; RAMOS, Paulo G. O. “A Questão Nuclear nas Relações Diplomáticas Brasil-Estados Unidos“. Série IRI Textos. n. 26, Rio de Janeiro, 2004.